Dentes desgastados: recuperá-los com resina ou porcelana? Entenda.

Homme Qui Sourit

Recuperar dentes desgastados com resinas ou porcelanas é mais do que essencial para recompor a harmonia do sorriso. Conheça as técnicas com restaurações, próteses dentárias, fragmentos e lentes de contato para aumentar dentes curtos e desgastados, sem erros

Dentes desgatados, um problema estético que exige escolhas certas para materiais e técnicas.

A redução no tamanho dos dentes por desgastes do dia-a-dia afeta diretamente a autoestima dos indivíduos acometidos pelo problema. Não à toa, as transformações de impacto do sorriso com laminados cerâmicos, populares nos tratamentos de artistas e famosos, já são procedimentos menos frequentes que os tratamentos que recuperam dentes desgastados ou curtos. Técnicas e materiais para aumentar o comprimento de dentes não faltam, mas exigem atenção na hora de selecioná-las. E muita!

As escolhas das técnicas e materiais restauradores impactam no preço, durabilidade e resultados estéticos dos tratamentos odontológicos. Resina ou porcelana, restaurações ou lentes de contato dental, técnica direta ou indireta, será preciso selecioná-las de forma rápida para que  o dentista dê andamento na reconstrução de dentes curtos, pequenos e desgastados. Mas aprender como selecioná-las de forma correta não é algo tão complicado assim.

Dentes Desgastados Com Resina Ou Porcelana
Desgastes dentários severos: riscos para fracassos em tratamentos com resinas são elevados mas não contraindicam a técnica.

 

 

Os tratamentos disponíveis para aumentar dentes desgastados e curtos.

Novas técnicas para recuperar dentes desgastados são cada vez mais frequentes. A mais inovadora delas é o fragmento cerâmico, uma versão das lentes de contato dental que traz mais segurança e otimização para aumentar o comprimento de dentes, independente das causas. Em contrapartida às inovações, as antigas técnicas ainda trazem soluções exclusivas que, por ora, continuam essenciais para resolver estruturas dentárias muito reduzidas. Vejas as técnicas mais comuns:

restauração dentária

É a técnica mais simples, rápida e barata para aumentar dentes desgastados e curtos. Realizada em consulta única com resinas compostas, é ideal para desgastes dentários em estágio inicial ou pequenas correções de forma dos dentes pequenos e curtos.

✓ vantagens: baixo custo, bons resultados estéticos e rapidez do tratamento.

✓ desvantagens: indicada apenas para dentes com desgastes em estágio inicial ou que necessitam de correções pouco extensas para dentes curtos e pequenos; amarelamento rápido e baixa durabilidade.

prótese dentária

É a técnica ideal para recuperar dentes desgastados cuja redução de estrutura dentária já está próxima às gengivas. Recobrindo todo o dente com coroas em porcelana, traz resistência, durabilidade e ótimos resultados estéticos mesmo para indivíduos com bruxismo intenso.

✓ vantagens: desgastes severos e resistência às forças musculares elevadas por bruxismo.

✓ desvantagens: custo elevado e desgastes adaptativos adicionais em toda a coroa dentária.

laminados cerâmicos

Lentes de contato dental e facetas laminadas em porcelana são populares nos tratamentos de impacto para transformação do sorriso. Em determinadas ocasiões, são as técnicas ideais para aumentar dentes desgastados e pequenos. É preciso estar atento, entretanto, à fragilidade das lentes de contato dental no tratamento de dentes desgastados e indivíduos com bruxismo.

✓ vantagens: resultados estéticos elevados e resistência ao amarelamento.

✓ desvantagens: custo elevado, fragilidade das lentes de contato dental mesmo em indivíduos com dentes em estágio inicial de perda da estrutura dentária; bruxismo.

fragmentos cerâmicos

A técnica mais sofisticada e precisa para recuperar dentes desgastados é a realizada com fragmentos cerâmicos. Derivados das lentes de contato dental e facetas laminadas, é um diminuto laminado que, ao contrário doslaminados cerâmicos, recobre apenas as áreas com desgastes dentários. Quando realizadas em dentes anteriores, também são conhecidas como restauração dentária em porcelana.

✓ vantagens: resultados estéticos e otimização do tratamento; resistência ao amarelamento;

✓ desvantagens: riscos para fraturas e descolamentos em dentes com perda de estrutura elevada.

Faceta Em Resina Ou Porcelana Qual é Mehor Construção
Facetas em resina são soluções estéticas interessantes com razoável durabilidade.

 

 

Resina ou porcelana, qual deles é o melhor material?

Afinal, qual é o melhor material para tratamentos odontológicos: resina ou porcelana? Provavelmente a pergunta mais frequente em indivíduos em tratamentos com restaurações dentárias, as dúvidas com relação à durabilidade e resultados estéticos podem levar a decisões erradas na hora de selecionar o material que será utilizado no procedimento restaurador. O fato é que, independente do material escolhido, os resultados imediatos e a longo prazo podem ser até mesmo próximos. O segredo, aqui, é utilizá-los nas ocasiões certas.

A diferença de durabilidade e resistência entre resinas e porcelanas é melhor percebida quanto maior é a extensão de recuperação da estrutura dentária. Dentes muito pequenos ou desgatados podem encontrar na porcelana o material ideal para aumentar o comprimento da coroa dentária. Já as pequenas reconstruções podem ser beneficiadas pela praticidade e baixo custo das resinas compostas.

Existem, entretanto, situações em que resina ou porcelana são indicações corretas para uma mesma necessidade odontológica. Nestes casos, o que vale mesmo é a diferença no preço ou o desejo para tratamentos mais duráveis ao longo do tempo. E não dá para esquecer do fator bruxismo na escolha do melhor material e, sobretudo, da técnica, para evitar frustrações com problemas como fraturas e descolamentos frequentes por erros na seleção entre resina ou porcelana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A cirurgia plástica gengival pode ser o tratamento ideal para aumentar dentes pequenos.

 

 

Bruxismo, um disturbio neuromuscular que interfere na seleção do material e técnicas de tratamento.

Selecionar entre resina ou porcelana para tratamentos com restaurações ou facetas em porcelana não é apenas uma escolha financeira ou de durabilidade. Condições locais como a posição dos dentes na arcada, tipo de mordida (oclusão) e comprimento dos dentes também influenciam na escolha da melhor técnica e material para aumentar dentes desgastados ou pequenos. Mas é o bruxismo, um distúrbio neuromuscular reflexo de apertamento e ranger exagerado dos dentes, o fator que mais pesa.

bruxismo é um fator de risco para problemas que vão além da seleção entre resina ou porcelana em procedimentos para aumentar o tamanho de dentes. Tratamento com implantes dentários, por exemplo, podem estar fadados ao insucesso em indivíduos com o distúrbio. A escolha por técnicas como próteses dentárias fixasou facetas laminadas, em pacientes com  desgastes severos, é ideal para evitar falhas frequentes como fraturas e descolamentos dos dispositivos restauradores utilizadas.

Gostaria de compartilhar em sua rede social?

É só clicar no ícone ao lado para compartilhar

Site criado pela Eriansoft - Todos os direitos reservados.