Detalhe evidenciado a superfície lisa da placa miorrelaxante – essencial para garantir movimentos mandibulares livres durante o uso do dispositivo oclusal.

7. Troque sua placa miorrelaxante a cada dois anos.

Seja em acrílico ou em poliéster, a placa para bruxismo precisa ser trocada a cada dois anos – o recomendado é a substituição anual do aparelho. É que, com o passar do tempo, a espessura do acrílico de contato entre dentes diminui e pode ou posicionar a mandíbula em posição inadequada durante o uso da placa miorrelaxante ou criar superfícies de encaixes que impedem a mesma movimentação.

A contaminação por bactérias do acrílico utilizado na confecção de dispositivos como prótese dentária removível (ponte móvel e dentadura) e placa para bruxismo é comum. Para muitos pacientes, o escurecimento e amarelamento do aparelho pode ser o sinal ideal para trocar a placa. Mas e preciso entender que a contaminação do acrílico não está associado ao escurecimento do material e que a substituição frequente do dispositivo pode ser necessário para resolver o problemas.