COMO É FEITO O TRATAMENTO DE CANAL? ENTENDA!

Canal Dentario 1

Tratamento dentária que assusta muita gente pelo medo de sentir dor. Entenda o que é e como é feito o tratamento de canal!

O tratamento de canal nada mais é do que a retirada do tecido de dentro do dente (pulpar) e a vedação do espaço logo em seguida. Esse procedimento deve ser feito em casos de lesão na polpa dentária ou quando acontece a morte pulpar (normalmente em casos de fortes impactos).

Na maioria dos casos antes do tratamento de canal o paciente sofre com muitas dores. O que deixa toda a região entorno mais sensível. Porém, nem toda dor vai precisar ser tratada com um canal.

As dores na região dos dentes e da boca também podem ser diagnosticados como:

  • Cáries profundas;
  • Raiz exposta;
  • Lesão de furca;
  • Inflamações na gengiva;
  • Sensibilidade extrema.

Como é feito o tratamento de canal?

Apesar da fama que o tratamento de canal tem, o procedimento é totalmente feito com anestesia, o que impede a dor. Porém, como qualquer intervenção tem o processo de recuperação que pode gerar desconforto ou até dores.

Considerado uma pequena cirurgia, o canal costuma ser feito em apenas um dia. Existem casos mais graves e que afetam mais de um dente em que o procedimento é dividido em duas ou mais sessões.

O procedimento é feito no próprio consultório do dentista e normalmente não precisa de grandes cuidados no pós. As indicações são apenas para evitar a mastigação no local, evitar alimentos quente ou duros e higienizar corretamente.

Preste atenção, adiar o tratamento de canal pode piorar e muito o quadro. O medo de sentir dor ou outras situações que adiam a solução causam no final ainda mais desconforto.

Polpa Dentaria

QUAL ESPECIALIDADE MÉDICA QUE FAZ O TRATAMENTO DE CANAL?

A especialidade de dentista que realiza o tratamento é o endodontista. Ele é o profissional que deve ser procurado quando o paciente começa a desconfiar de uma lesão no tecido pulpar. Somente ele poderá diagnosticar por meio de exames a necessidade dos procedimentos e a gravidade.

CUIDADO COM A PARESTESIA!

Tratar a polpa dentária pode afetar diretamente na saúde do seu nervo. A parestesia mantém a sensação da anestesia, com dormência, formigamento e pressão no local.

A parestesia é uma complicação que pode acontecer. Porém existe tratamento para normalizar o mais rápido possível. Na maioria dos casos a sensibilidade do local retorna em até 24 meses.

Essa condição não pode ser evitada completamente. Em alguns casos o nervo está muito perto o que impossibilita o tratamento sem consequências. Cabe ao dentista pedir exames de imagem anterior ao procedimento para alertar o paciente e já traçar uma estratégia posterior.

HIGIENE APÓS O CANAL

Com o local mais delicado e dolorido, é indicado o uso de uma escova de dentes ultra macia. A special care da TePe consegue limpar o local sem causar dor.

A special care conta com 20 mil filamentos de poliéster que são gentis com a gengiva e com o local sensível. O cabo anatômico ajuda no momento da escovação para evitar escapes que gerem lesões.

Gostaria de compartilhar em sua rede social?

É só clicar no ícone ao lado para compartilhar

Site criado pela Eriansoft - Todos os direitos reservados.